Catacumbas de Roma

Catacumbas de Roma

São Sebastião, São Calixto, Domitila, Priscila e Santa Inês... Conheça as diversas catacumbas que se conservam em Roma, saiba o que são e como visitá-las.

As catacumbas são galerias subterrâneas que foram utilizadas como lugar de enterro durante vários séculos. Os enterros de cidadãos pagãos, judeus e dos primeiros cristãos em Roma nas catacumbas começaram no século II e só terminariam no século V.

A palavra catacumba, que significa ao lado da canteira, provém do fato de que as primeiras escavações para serem utilizadas como lugar de enterro foram feitas nas áreas afastadas de Roma, ao lado do terreno de uma canteira.

O porquê das catacumbas

Os cristãos não estavam de acordo com o costume pagão de incinerar os corpos dos seus falecidos e para solucionar os problemas devido à falta de espaço e ao alto custo da terra, decidiram criar estes amplos cemitérios sob a terra.

As catacumbas possuem diversas galerias subterrâneas que formam autênticos labirintos de vários quilômetros, ao longo dos quais se escavaram várias filas de covas retangulares.

Os cadáveres enrolados em um lençol eram colocados nas covas, que posteriormente eram fechadas com lápides de mármore e, comumente, com barro cozido. Posteriormente se escrevia o nome do defunto na tampa, acompanhado de um símbolo cristão.

A lei romana da época proibia que se desse sepultura aos defuntos no interior da cidade, por isso todas as catacumbas se localizavam no exterior dos muros. Esses lugares afastados e ocultos sob a terra constituíam o refúgio perfeito onde os cristãos podiam dar uma sepultura aos seus familiares, utilizando de um modo livre os símbolos cristãos.

O final das perseguições 

Com a assinatura do Édito de Milão, no ano 313, teve fim a perseguição aos cristãos, e esses puderam começar a construir igrejas e adquirir terrenos sem o temor de que fossem confiscados. Apesar disso, continuaram usando as catacumbas como cemitérios até o século V.

Durante a invasão dos bárbaros na Itália no século VIII, muitas catacumbas sofreram contínuos saques, por isso os Papas decidiram trasladar as relíquias que ainda se mantinham nas igrejas da cidade. Depois dos traslados, algumas catacumbas foram completamente abandonadas e ficaram no esquecimento durante vários séculos.

Catacumbas de Roma

Em Roma existem mais de sessenta catacumbas compostas por centenas de quilômetros de galerias subterrâneas que abrigam milhares de tumbas. Atualmente estão abertas ao público apenas cinco delas:

  • Catacumbas de São Sebastião (Via Appia Antica, 136): Estas catacumbas de 12 quilômetros de extensão devem seu nome a São Sebastião, um soldado que foi martirizado por ter se convertido ao cristianismo. Junto com as de São Calixto são as melhores para visitar. De segunda a sábado, das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas. 
  • Catacumbas de São Calixto (Via Appia Antica, 126): Com uma rede de galerias de mais de 20 quilômetros de extensão, as tumbas de São Calixto foram o local de enterro de 16 pontífices e dezenas de mártires cristãos. De quinta a terça, das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas. 
  • Catacumbas de Priscila (Via Salaria, 430): Conservam alguns frescos muito importantes para a história da arte, como as primeiras representações da Virgem Maria. De terça a domingo, das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas. 
  • Catacumbas de Domitila (Via delle Sette Chiese, 280): Descobertas em 1593, essas catacumbas de mais de 15 quilômetros de percurso devem seu nome à neta de Vespasiano. De quarta a segunda: das 9:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00 horas. 
  • Catacumbas de Santa Inês (Via Nomentana, 349): Depois de ser martirizada por sua fé cristã, Santa Inês foi enterrada nas catacumbas que posteriormente ganharam seu nome. Das 9:00 às 12:00 e das 16:00 às 18:00 horas, fecha nas manhãs de domingo e tardes de segunda-feira. 

Como chegar às catacumbas

Para visitar as catacumbas, você tem algumas opções: 

  • Ônibus público: embora seja a forma mais econômica de chegar, você pode perder bastante tempo indo por conta própria. As linhas 118 e 218 levam até São Calixto e São Sebastião, e as linhas 218 e 716 até Domitila. 
  • Taxi: o preço do trajeto e a dificuldade de encontrar um táxi para voltar a Roma fazem com que essa não seja uma opção conveniente. 

Um passeio pelas entranhas de Roma

As catacumbas de Roma são uma visita especial em que se pode ver os restos funerários de alguns enterros realizados muitos séculos atrás. É interessante passear pelos escuros e úmidos corredores onde se podem ver, além das covas, algumas inscrições com os nomes das pessoas que as ocupavam.

Devido à alta mortalidade infantil da época, é possível observar uma grande quantidade de espaços preparados para as crianças, além de algumas fossas de maior tamanho que serviam de sepultura para toda a família.

Preço

Adultos: 8€.
Menores de 15 anos: 5€.
Inclui guia em português.