Palácio Doria Pamphilj

Palácio Doria Pamphilj

O Palácio Doria Pamphilij é a pinacoteca privada mais conhecida de Roma. No interior da mansão podemos contemplar obras de grandes mestres como Rafael, Tiziano, Caravaggio e Velázquez.

As exposições

A coleção da Galeria Doria Pamphilij começou com o Papa Inocencio X Pamphilij em 1644. Atualmente a coleção é formada por mais de 400 pinturas que datam dos séculos XV ao XVIII.

Curiosamente, os quadros se mantêm em uma ordem que não mudou com o passar dos séculos. Isto é algo que se pode comprovar graças a um documento do século XVIII no qual se detalha a localização exata de cada um dos quadros.

Uma das obras mais destacadas da galeria é o Retrato do Papa Inocêncio X, obra de Velásquez, na qual se mostra o Papa como realmente era, um homem de aspecto inquietante e desconfiado. Isso é algo que provocou uma grande controvérsia no momento de sua criação, já que os demais artistas se esforçavam em idealizar os traços do pontífice para tornar mais doce seu semblante sinistro.

Apesar do realismo do retrato, a família Pamphilj o mantém em um lugar especial e desde o século XIX possui sua própria sala.

Além da completa pinacoteca, no palácio também há uma pequena capela e algumas salas privadas que conservam sua decoração original e parte do mobiliário.

Não vale a pena

O Palazzo Doria Pamphilj conserva parte da sua decoração original sobre a qual são exibidas uma grande quantidade de obras de arte, mas a entrada é muito cara em relação à qualidade das exposições.

Roma conta com importantes galerias que superam a Galeria Pamphilij, por isso, se você não estiver especialmente interessado em visita-la, recomendamos economizar tempo e dinheiro.

Horário

Todos os dias, das 9:00 às 19:00 horas.

Preço

Adultos: 12€.
Estudantes e maiores de 65 anos: 8€.

Transporte

Ônibus até a Piazza Venezia.

Lugares próximos

Palácio Venezia (256 m)
Igreja de Gesù (264 m)
Piazza Colonna (365 m)
Fontana di Trevi (372 m)
Monumento a Vittorio Emanuele II (393 m)