Durante o dia de hoje, 1% (do valor) das suas reservas será doado contra o câncer de mama
Campo dei Fiori

Campo dei Fiori

O Campo dei Fiori (Campo de flores) é uma das principais praças de Roma, animada tanto de dia, com sua feirinha, quanto à noite, com seus terraços cheios de turistas de locais.

O passado da praça

A Praça do Campo dei Fiori foi construída em 1456 por ordem do Papa Calixto III no lugar onde havia um campo de flores, por isso a origem do nome da praça.

Depois da remodelação da região e da construção de vários edifícios importantes, como o Palácio Orsini, a praça se tornou um local muito frequentado pelas personalidades mais importantes.

O Campo dei Fiori se transformou em um lugar muito próspero, repleto de oficinas artesanais e albergues, e havia mercado de cavalos duas vezes por semana.

A praça também era o lugar onde aconteciam as execuções públicas e uma das formas de lembrar disso é por meio da impressionante estátua de Giordano Bruno situada no centro da praça. Este filósofo foi queimado na praça no ano 1600, acusado de heresia, e em 1889 o monumento foi construído em sua homenagem.

A praça no presente

Atualmente, o Campo dei Fiori é um dos lugares mais populares da capital. Todas as manhãs, de segunda a sábado, desde 1869, é montado um mercado onde são vendidos alimentos, flores e produtos variados.

À noite, é uma região muito agradável para jantar.