Galeria Spada

A Galeria Spada exibe uma coleção de arte dos séculos XVI e XVII. Sua maior atração é a galeria da falsa perspectiva, realizada por Borromini.

Instalada em um exuberante palacete construído a meados do século XVI, a Galeria Spada mostra uma pequena coleção de arte proveniente dos séculos XVI e XVII. A maior atração do palacete é a galeria que oferece uma falsa perspectiva, realizada por Borromini. 

Exposições

A coleção, reunida em sua maior parte pelo cardeal Bernardino Spada, é composta por diferentes obras pertencentes aos séculos XVI e XVII, que mostram o grande interesse da família Spada em reunir e promover a arte da sua época.

Uma das maiores atrações da galeria está no pátio do palácio: trata-se de uma falsa perspectiva de Borromini, uma galeria de 9 metros de comprimento que parece ter 40. A medida que as paredes se estreitam, o chão se eleva e a altura diminui, fazendo com que a pequena escultura situada ao final da galeria pareça de tamanho natural.

As exposições estão organizadas em quatro salas seguindo o estilo do século XVII, com os quadros menores espremidos na parte superior e os grandes embaixo, mostrando uma aparente desordem.

Não perca tempo

Embora para a época em que foi realizada a perspectiva de Borromini fosse uma grande obra que precisou da ajuda de um matemático, acreditamos que não vale a pena perder tempo e dinheiro visitando a Galeria Spada. Roma tem lugares muito melhores para visitar. 

Horário

De terça a domingo, das 8:30 às 19:30 horas.
Segunda-feira: fechado.

Preço

Adultos: 5€.
Cidadãos da UE entre 18 e 25 anos: 2,50€.
Cidadãos da UE menores de 18 e maiores de 65 anos: entrada gratuita.

Transporte

Ônibus: linhas 46, 56, 62, 64, 70, 81, 87, 492 e 628.

Lugares próximos

Campo dei Fiori (185 m)
Villa Farnesina (406 m)
Museu de Roma (407 m)
Área Sacra (423 m)
Basílica de Santa Maria in Trastevere (534 m)