Palatino

Palatino

Localizado a 40 metros de altura sobre o Fórum Romano, o Monte Palatino é a mais central das sete colinas de Roma e compõe uma das partes mais antigas da cidade.

O Monte Palatino é considerado o berço da capital italiana e acreditam que já era habitado no ano 1000 a.C. 

Durante o período republicano, os cidadãos romanos pertencentes à classe alta se instalaram no Monte Palatino construindo luxuosos palácios, dos quais ainda se conservam importantes vestígios.

Segundo a lenda

A mitologia romana conta que a caverna onde vivia Luperca, a loba que cuidou de Rômulo e Remo, estava no Monte Palatino. Segundo a lenda, quando os irmãos cresceram decidiram formar uma cidade nas margens do rio, mas como não chegaram a um acordo sobre alguns pontos da decisão, Rômulo matou Remo e fundou a cidade de Roma. 

O que ver no Palatino

No Palatino é possível ver uma infinidade de ruínas das imponentes edificações que foram construídas para a alta sociedade romana na Antiguidade. Embora o conjunto seja impressionante, esses são alguns dos pontos que merecem especial atenção: 

  • Domus Flávia: O esplêndido palácio Domus Flávia foi construído no ano 81 a.C. por ordem do imperador Domiciano para ser utilizado como residência oficial e pública. Atualmente ainda é possível ver algumas partes da extensa construção. 
  • Casa da Lívia: Esta casa de aspecto modesto construída no século I a.C. é um dos edifícios de melhor conservação do Palatino. Ainda é possível visualizar os restos dos mosaicos e frescos que um dia decoraram os tetos e paredes. 
  • Casa de Augusto: Construída como residência particular de Otaviano, a casa edificada em dois andares ainda conserva grande parte dos belos e coloridos frescos que decoravam suas paredes.
  • Jardins Farnese: Projetados a meados do século XVI sobre as ruínas do Palácio de Tibério, os Jardins Farnese foram um dos primeiros jardins botânicos criados na Europa. 
  • Hipódromo de Domiciano: Com a aparência de um circo romano, não se sabe bem se o estádio foi concebido para a realização de corrida a pé ou para ser utilizado simplesmente como jardim. 
  • Museo Palatino: Nesse pequeno museu estão expostas as diferentes descobertas realizadas durante as escavações feitas no Palatino. Contém esculturas, frescos, mosaicos e outros objetos pertencentes à época de esplendor do Palatino. 

Do Palatino é possível ter as melhores vistas do Fórum Romano de cima. 

Um passeio pela Roma Antiga

O Palatino é um lugar muito agradável para visitar com calma, passeando sob a sombra das árvores enquanto se percorrem muitos dos lugares que se conservam da Roma antiga.

É conveniente reservar meio dia para visitá-lo, já que o Fórum Romano e o Palatino abrigam uma extensão muito ampla onde cada espaço resulta de grande interesse. 

Horário

Todos os dias desde as 8:30 até uma hora antes do pôr do sol.
Fechado no dia 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Preço

Entrada combinada para o Coliseu, o Fórum e o Palatino:
Adultos: 12€.
Cidadão da União Europeia entre 18 e 24 anos: 7,50€.
Menores de 17 e maiores de 65 anos pertencentes à UE: entrada gratuita.

Transporte

Metrô: Colosseo, linha B.
Ônibus: linhas 60, 75, 84, 85, 87, 117, 175, 186, 271, 571, 810 e 850.

Lugares próximos

Circo Máximo de Roma (277 m)
Arco de Constantino (339 m)
Fórum Romano (424 m)
Coliseu de Roma (478 m)
Santa Maria in Cosmedin (492 m)