Villa Farnesina

Villa Farnesina

A Villa Farnesina é um palacete construído entre 1505 e 1511 e constitui um dos edifícios mais majestosos que se conservam da época do Renascimento em Roma.

Construída no bairro do Trastevere sob as ordens de um banqueiro de Siena, a Villa Farnesina deve seu nome ao posterior proprietário, o cardeal Alessandro Farnese.

Passeando pela Villa Farnesina

O edifício é composto por um bloco central e duas pequenas alas laterais e possui dois andares. O interior da vila surpreendente por sua rica decoração que conta com os frescos de alguns importantes artistas, como Rafael, Sebastiano del Piombo ou Peruzzi.

No primeiro andar se destacam os frescos da Sala de Galatea, uma das obras mais importantes de Rafael. Prestando atenção ao teto se podem contemplar as pinturas de astrologia que mostram a posição das estrelas no dia de nascimento de Chigi, o primeiro proprietário da vila.

No andar superior está outra das salas mais bonitas da vila, a Sala das Perspectivas, que baseia sua decoração em uma ilusão ótica criada pelos frescos que mostram a cidade de Roma através das colunas de mármore.

Uma excelente decoração

A Villa Farnesina é uma importante mostra de luxo e da opulência que reinava entre a sociedade italiana durante o período do Renascimento.

Embora o edifício não tenha um grande tamanho nem seja tão chamativo exteriormente, a importância da visita está nos frescos que cobrem seus tetos e paredes, decorando o interior da vila.

As comparações não são boas e as pinturas da Villa Farnesina são excelentes, mas essa visita perde interesse se a comparamos com a da Galeria Borghese, um edifício com uma bela decoração onde, além disso, podem ser apreciadas diferentes obras de arte. 

Horário

De segunda a sábado, das 9:00 às 14:00 horas.

Preço

Adultos: 6€.
Estudantes: 3€.

Transporte

Ônibus: linhas 23 e 280.

Lugares próximos

Galeria Spada (406 m)
Basílica de Santa Maria in Trastevere (451 m)
Campo dei Fiori (480 m)
Gianicolo (577 m)
Museu de Roma (680 m)