Palácio Venezia

Palácio Venezia

O Palácio Venezia é um sóbrio edifício renascentista onde são expostas peças artísticas procedentes do período que vai desde o início da era cristã até o começo do Renascimento. 

O edifício

Construído no século XV como residência para o cardeal Pietro Barbo, o edifício renascentista do Palácio Venezia funcionou posteriormente como residência papal e sede da embaixada da República de Veneza.

Em 1797 passou a mãos francesas, e em 1816 passou a ser propriedade do estado italiano, tornando-se o quartel general de Mussolini durante a época fascista. 

Exposições

No museu são expostas especialmente as coleções do Papa Paulo II (Pietro Barbo), primeiro habitante do edifício. Também se encontram peças procedentes do Castelo de Sant’Angelo, do Museu do Colégio Romano ou da Galeria Nacional de Arte Antiga.

No palacete há elementos muito variados, desde pinturas renascentistas até esculturas de madeira policromadas, tapetes, armas, armaduras ou esculturas de terracota. 

Um palacete mais

Em Roma, se conservam vários palacetes nos quais, assim como o Palácio Venezia, podemos encontrar obras de arte de séculos passados.

Visitar todos seria uma loucura e perda de tempo, já que a cidade tem muito mais a oferecer aos seus visitantes. O Palácio Venezia não deve estar entre os escolhidos. 

Horário

De segunda a sábado, das 10:00 às 13:00 e das 14:00 às 18:00 horas.

Preço

Adultos: 5€.
Cidadãos da UE entre 18 e 25 anos: 4€.
Cidadãos da UE menores de 18 e maiores de 65 anos: entrada gratuita.

Transporte

Ônibus: linhas 40, 63, 70, 75, 81, 87, 95, 160, 170, 204, 628, 630 e 716.