Villa Adriana

Villa Adriana

A Villa Adriana foi construída quando o imperador Adriano se deu conta de que não estava feliz no palácio do Monte Palatino. Esse foi seu lugar de retiro.

Localizada numa área afastada de Tívoli, a Villa Adriana é um conjunto de edifícios clássicos construídos no século II, sob as ordens do imperador Adriano. Se tratava de uma “pequena cidade” composta por palácios, fontes e termas, além de outras construções que imitam diferentes estilos arquitetônicos gregos e egípcios. 

A construção da Villa Adriana foi motivada porque Adriano não estava feliz no palácio do Monte Palatino e decidiu construí-la como lugar de retiro. Depois da sua morte, foi utilizada por vários sucessores, mas depois caiu em desuso e se transformou em ruínas que foram saqueadas.

O que ver em Villa Adriana

Com um recinto de 120 hectares no qual estão as reconstruções dos edifícios gregos e egípcios favoritos do imperador, a Villa Adriana é um grande tesouro arquitetônico que exige várias horas de visita.

Uma das partes mais destacadas da vila, conhecida como Canopus, é a cópia do santuário que está perto de Alexandria. Trata-se de uma enorme piscina rodeada por colunas e decorada com figuras das cariátides.

Entre as bibliotecas, banheiros, casas para convidados, jardins, fontes e estanques, se destaca uma estrutura conhecida como o Teatro Marítimo, um estanque circular rodeado de colunas com uma ilha no meio. Na ilha há uma pequena vila romana.

Esplendor de tempos passados

Embora durante o século XVI grande parte das estátuas e elementos de mármore da Villa Adriana tenha sido saqueada para decorar a Villa d’Este, ainda é possível ver a magnificência que o lugar teve nos seus tempos de máximo esplendor.

Se você tiver tempo para fazer uma excursão de um dia a Tivoli, acreditamos que é totalmente recomendável visitar tanto a Villa Adriana como a Villa d’Este. Se tiver tempo, aproveite para comer em Tivoli.

Como ir à Villa Adriana

Há várias maneiras de chegar desde Roma:

  • Ônibus: Os ônibus que fazem o trajeto Roma-Tivoli são da empresa Cotral e saem da estação Ponte Mammolo (linha de metrô B). O preço da passagem é de 2€ por trajeto.  
  • Aluguel de carro: Recomendado se você pretende alugar para mais dias, pois em caso contrário não vale a pena. Você pode alugar um carro clicando aqui.

Embora também haja a possibilidade de ir de trem, essa opção não vale a pena. É mais caro, demora mais e deixa mais longe que o ônibus.

Se você quer visitar a Villa d’Este, há um ônibus que conecta as duas vilas por 1€.

Horário

Todos os dias das 9:00 até uma hora antes do pôr do sol.

Preço

Adultos: 8€.
Pessoas da UE entre 18 e 25 anos: 4€.
Menores de 18 e maiores de 65 anos: entrada gratuita.

Lugares próximos

Villa d'Este (2.9 km)
Aeroporto Ciampino (22 km)
Estação Termini (23.1 km)
Basílica de São João de Latrão (23.1 km)
Termas de Diocleciano (23.3 km)